segunda-feira, 4 de junho de 2012

Santiago - Como Agua Para Chocolate



Localizado no boêmio bairro de Providencia, ao lado do Patio Bellavista, é um restaurante temático com decoração e pratos inspirados no filme homônimo de Laura Esquivel. Na cozinha, usa ingredientes tidos como afrodisíacos, como abacate, alho, frutos do mar, tomate, alcachofra, chocolate e maçã.

A temática romântica, os pratos afrodisíacos e uma pitaca de bom marketing fazem o resto: o lugar é um dos mais festejados pelos brasileiros, sobretudo os casais.

Ainda no Brasil, me falaram para conhecer este restaurante. Antes de viajar, procurei (como sempre faço) referências do lugar antes de gastar meu dinheiro à toa, e percebi ser um lugar de extremos, com muitos adjetivos de amor eterno, como "excelente", "inesquecível" e "o melhor de Santiago", mas também com efusivas e contundentes expressões de descontentamento: "o pior restaurante da cidade", "atendimento péssimo" e "pega-turista".

Resolvi entrar na tal polêmica e conhecer a casa. Quem sabe conseguiria entender o motivo de opiniões tão antagônicas.

Uma vez em Santiago, conversei com os chilenos para saber o que achavam da casa, da comida, do ambiente, e a resposta foi simples "o restaurante mais brasileiro de Santiago". De início, não entendi: será que eles vendem feijoada e caipirinha?

Assim que coloquei os pés na casa, entendi a frase dos chilenos: o lugar não é apenas 100% turístico, é 100% frequentado por BRASILEIROS. Domingo à noite, casa lotada e com muita gente em pé aguardando mesa. Confesso que reparei atentamente, e não vi um único cliente que não falasse o bom e velho português.

Isso nunca é bom: se quem mora na cidade não frequenta o restaurante, ou o lugar é uma grande roubada (em tempo: NÃO ACHEI), ou significa que, na opinião dos chilenos, existam opções muito melhores. Sem pensar muito, fico com a segunda opção.

Sobre o ambiente: é sofisticado, colorido, mas particularmente achei um pouco poluído visualmente: uma parede é vermelha, a outra é azul, no meio há uma fonte, flores coloridas por todos os lados. Achei o lugar apertado, um pouco barulhento (okay, nós brasileiros somos muito barulhentos!), mesas muito próximas. Não fiquei com a impressão de que realmente ajuda a criar um "clima romântico".



Leia mais:

- 10 atrações imperdíveis em Santiago (Chile)
- 10 dicas para quem visita (ou quer conhecer) Santiago (Chile)
- Top 10 Santiago: Restaurantes
- Turismo no Chile: 10 lugares para incluir no seu roteiro de viagem (além de Santiago)














Atendimento; diferente de muitos que já foram no restaurante, não tenho quaisquer ressalvas sobre como fui tratado: o garçom SEBASTIAN foi cortês e atencioso, me indicou um vinho com bom custo/benefício, fez boas sugestões de pratos principais, foi honesto ao me aconselhar a não pegar nenhuma entrada ("pois seria muita comida") e, mesmo com a casa em lotação máxima, trouxe a conta em tempo razoável.



Caso vá no "Como Agua Para Chocolate", procure o Sebastian (foto)

Será que meu atendimento foi "diferenciado" porque estava sozinho? Será que dei "sorte" e fui atendido por um garçom eficiente? Se estivesse acompanhado, receberia o cardápio com os preços mais altos? Ao escolher um vinho, ouviria do garçom que "o vinho é um lixo", e em resposta receberia uma sugestão 50% mais cara?

Em tempo: alguns restaurantes não muito bem intencionados têm 2 cardápios - "brasileiros" e "outros", com 2 principais diferenças: o idioma (o primeiro é em português) e o preço (no primeiro os pratos são mais caros). Diz a lenda que o "Como Agua para Chocolate" é um desses lugares.

De couvert, cesta de pães com pesto de manjericão, coentro e vinho branco. Mais um "engana-fome".



Não posso negar que a casa tem uma preocupação grande com a perfeição na apresentação dos pratos. Se realmente começamos a comer com os olhos, neste quesito a casa faz bonito.

Como prato principal, pedi um "Congrio Almendrado al Gratén" (que na realidade é feito com reineta), servido com creme de espinafre gratinado, amêndoas, queijo mussarela e uma crosta de queijo parmesão (CLP 9.900, R$ 39,60).



O prato chega numa cumbuca de ferro, fumegante! A reineta é um peixe bem parecido com o linguado, na cor e no sabor. Agradável, mas não achei nada extraordinário. O espinafre estava bem temperado, mas achei a quantidade excessiva (poderiam aumentar um pouquinho o peixe e diminuir o espinafre, né?), o que deixou o prato por vezes enjoativo. Estou até agora procurando a tal amêndoa, que no prato da moça ao meu lado "veio em excesso". Os queijos no molho e na crosta estavam muito saborosos, mas a intensidade do parmesão "mata" os outros sabores. Acho que faltou harmonia e equilíbrio.

O vinho que pedi foi um Castillo Molina 2009 Cabernet Sauvignon 375 ml (CLP 7.400, R$ 29,60). Potente, com boa madeira, acidez elevada e taninos prolongados. Um petardo de 14%, do jeito que eu gosto! Quem disse que vinho tinto não pode combinar com peixe? Na minha "harmonização", o espinafre e os queijos ajudaram a segurar o sabor do prato, e acho que um vinho branco não daria conta do recado.



De sobremesa, o gigante "Crema de los Dioses" (CLP 4.300, R$ 17,20). O pudim estava meio sem graça, com pouco sabor e textura de gelatina. A crosta é queimada, tipo "crème brûlée". O creme inglês que acompanhava a sobremesa é muito saboroso, e fica melhor ainda com a calda de framboesa que vem junto.



Conta: 1 vinho 375ml, 1 prato principal, 1 sobremesa, serviço (10%) = CLP 23.760 (R$ 95)

Conclusão: Não é um restaurante caro, está longe de ser uma roubada, assim como está longe de ser inesquecível. Não fiquei impressionado com nada, em nenhum momento. Para mim, um restaurante comum.

Acho que os casais ficam impressionados por toda a temática "romântica" apresentada no site, o que pode acabar influenciando a decisão de onde levar a dama para vivenciar um momento inesquecível.

Rapazes que buscam um lugar legal para impressionar as moças: a excelente gastronomia de Santiago oferece outras opções na mesma faixa de preço, com melhor comida e ambiente. Osaka, Aqui Esta Coco, Astrid y Gastón, Puerto Fuy e Giratorio são apenas 5 exemplos.

Endereço: Constitución 88, Barrio Bellavista (2 quadras da estação Baquedano)
Telefones: +56 (2) 777 8740 e +56 (2) 735 4511
Horário de funcionamento: Diariamente, de 12h30 às 16hs (almoço) e das 19h30 às 2 da manhã (jantar)
Internet: http://www.comoaguaparachocolate.cl/

4 comentários:

Emilson Barros de Oliveira Junior disse...

Gostei muito! O garçon Miguel (Miguelito) atendeu de forma espetacular, não errou na indicação dos pratos para ninguém. Comi uma corvina no alumínio, um dos melhores pratos em Santiago. Recomendo!

Telma Gusmao disse...

Péssimo atendimento. Funcionários mal educados. Não recomendo!!!

Alaor disse...

Pega turista.
Achei que não vale a pena conhecer. Nem para só-conhecer...
Comida marromeno e vinho caro..
Ambiente parece um parque de diversões...e só...

Jairo disse...

Pega turistas... Pura ilusão.
Ambiente carnavalesco claustrofóbico, comida horrível e garçom mal educado.
Depois de 40 minutos de espera chegou os pratos que pedimos: Pedi um filé ao lomo, bem passado, veio pimentões com carne crua. Minha esposa pediu um Salmão na pedra, o garçom espertalhão disse que havia acabado e ele tinha "tomado a liberdade" de trocar por um outro (indigesto) qualquer lá que ele trouxe... Ao contesta-lo ele foi sem educação. Pedimos a conta e me neguei a pagar a gorjeta (10%) pelo péssimo atendimento e experiência que tivemos, este mesmo garçom falou mais um bocado de m*** em seu péssimo portunhol e em alto som, nos deixando inclusive constrangidos.

Nunca mais volto ou indico este lixo de lugar para alguem.

Postar um comentário

Pesquisar no Blog

Guias de Viagem


Álbuns de Fotos

Instagram


Anuncie no Viajante Comilão




Você gostou do blog? As dicas de viagens e reviews de restaurantes foram úteis para ajudá-lo(a) a planejar sua viagem?

O Viajante Comilão é um serviço 100% gratuito. Se você gostou do nosso serviço, ajude o blog a continuar seu trabalho: o link abaixo direciona para o site do PayPal, um serviço 100% seguro para que você possa fazer uma doação para o blog, usando seu cartão de crédito.

Contamos com sua contribuição. Obrigado!


Payments By PayPal